Composição florística da Reserva Ecológica "Sebastião Meimberg Porto", Icém, São Paulo, Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33447/paubrasilia.2024.e0124

Palavras-chave:

Cerrado, Ecótono, Floresta Estacional Semidecidual, Levantamento Florístico

Resumo

A Reserva Ecológica "Sebastião Meimberg Porto" está localizada no noroeste paulista, no município de Icém (São Paulo). A área conta com 80,46 hectares situados em uma zona de transição Cerrado/Mata Atlântica, apresentando, assim, espécies de ambos os biomas. O presente trabalho fornece uma lista de espécies que compõem a flora do fragmento florestal, levantadas ao longo de três anos de coletas na área. Ao todo, foram levantadas 224 espécies de angiospermas, distribuídas em 70 famílias, sendo as com maior riqueza de espécies: Fabaceae (23 spp.), Asteraceae (17 spp.) e Malvaceae (12 spp.). Dentre as espécies amostradas, destaca-se Roupala sculpta Sleumer (Proteaceae), por ser classificada sob nível de ameaça EN – Em perigo. O levantamento florístico fornece subsídio para estabelecer planos de manejo e proteção da área, assim como para futuros trabalhos de reflorestamento.

Biografia do Autor

Valner Matheus Milanezi Jordão, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho"

Possui graduação em Ciências Biológicas na modalidade de Licenciatura (2017-2021) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) no Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE) no campus de São José do Rio Preto - São Paulo. Trabalhou no projeto Flora do Brasil 2020, sob a orientação da Profª. Drª Daniela Sampaio, com os seguintes gêneros de Leguminosae: Crudia, Dussia, Mora, Paramachaerium e Pterocarpus. Foi bolsista do CNPq na modalidade de Apoio Técnico a Pesquisa do CNPq - Nível 2A cujo objetivo do trabalho era o de ampliar e de divulgar os registros botânicos do estado do São Paulo, por meio de digitalização e informatização de exsicatas. É especialista em Meio Ambiente pela Faculdade Educamais e em Direito Ambiental pelo Centro Universitário União das Américas Descomplica e tem experiência na área de Biologia Vegetal, com ênfase em Sistemática de Fanerógamas, atuando principalmente nos seguintes temas: Biodiversidade, Coleções botânicas, Levantamento Florístico e Sistemática de Leguminosae. Possui experiência de campo durante expedições de coleta de plantas nos domínios fitogeográficos da Caatinga, Cerrado e Mata Atlântica (Floresta Estacional Semidecidual, Floresta Ombrófila Densa e Restingas). Atualmente realiza Mestrado no Programa de Pós Graduação em Biodiversidade no Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (UNESP).

André Vitor Suzuki, Universidade Federal do ABC

Possui graduação em Ciências Biológicas ( Licenciatura ) pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), pelo Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE) e graduação em andamento em Ciências Biológicas (Bacharelado) pelo mesmo instituto. Tem experiência na área de biologia vegetal, com ênfase em Sistemática Vegetal. Já trabalhou com levantamento de flora e como professor voluntário em projetos de educação ambiental.

Jaqueline Alves Vieira, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Possui graduação em Ciências Biológicas (Bacharel e Licenciatura) pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), pelo Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Atualmente faz doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Biociências na mesma instituição. Trabalhou com a Revisão Taxonômica de Pentaphylacaceae (gêneros Freziera e Ternstroemia) para o Brasil e Flora de Pentaphylacaceae para o Brasil. Atualmente, trabalha com a Revisão Taxonômica e Filogenia de Ternstroemia para a região Neotropical e palinologia, morfometria, biogeografia, barcoding e fitoquímica das espécies brasileiras de Ternstroemia.

João Victor Longhi Monzoli, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista - UNESP (FCL - Assis), na qual desenvolveu pesquisa de Iniciação Científica financiada pela FAPESP na área de botânica, com projeto voltado à taxonomia de Bignoniaceae. Mestre pelo programa de pós-graduação em Biociências na mesma instituição, com projeto voltado à taxonomia de angiospermas trepadeiras. Atualmente cursa doutorado pelo Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE) - UNESP São José do Rio Preto, pelo Programa de Pós-Graduação em Biociências, realizando revisão taxonômica e filogenia de Doliocarpus (Dilleniaceae).

Lisandra Assunção Teixeira, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Roraima - UERR (2013). Durante a realização do Trabalho de Conclusão de Curso da graduação trabalhou com taxonomia de Burseraceae dentro de uma grade do Programa de Pesquisa em Biodiversidade - PPBio Amazônia localizada no Parque Nacional do Viruá (PARNA Viruá), Roraima, Brasil. Mestre em Ciências Biológicas - Botânica Tropical (Universidade Federal Rural da Amazônia/Museu Paraense Emílio Goeldi). Atualmente realiza Doutorado no Programa de Pós-graduação em Biodiversidade pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) no Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE) no campus de São José do Rio Preto - São Paulo. Tem experiência em sistemática e taxonomia de Sloanea (Elaeocarpaceae).

Yan Campioni Cavalcante Dantas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Graduando em Ciências Biológicas na Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho". Tem experiência na área Biologia Vegetal, com ênfase em Sistemática de Criptógramas, atuando principalmente nos seguintes temas: Biodiversidade, Coleções botânicas, Levantamento Florístico e Sistemática de Macrófitas Aquáticas. 

Daniela Sampaio, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Possui graduação em CIÊNCIAS BIOLÓGICAS pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000), Mestrado em Ecologia de Agroecossistemas pela "Escola Superior de Agricultura" - ESALQ/USP (2004) e Doutorado em Biologia Vegetal pela UNICAMP (2009). Atualmente é Professora do Dep. Zoologia e Botânica da UNESP, São José do Rio Preto. Tem experiência na área de Botânica, com ênfase em Taxonomia de Fanerógamos, atuando principalmente na identificação de espécies arbóreas. É especialista na família Elaeocarpaceae. É orientadora de Mestrado e Doutorado nos PPG Biodiversidade e Biociencias, UNESP/São José do Rio Preto. É responsável pelas disciplinas "Sistematica de Spermatophyta", "Laboratorio de Vivencias 1" e co-responsável pelas disciplinas "Ecologia de Campo" e Biologia Integrativa" aos alunos do curso de Ciências Biológicas da UNESP/São José do Rio Preto; responsável pela disciplina "Taxonomia de Campo" nos cursos de PPG na mesma instituição.

Downloads

Publicado

17.05.2024

Como Citar

JORDÃO, Valner Matheus Milanezi; SUZUKI, André Vitor; VIEIRA, Jaqueline Alves; MONZOLI, João Victor Longhi; TEIXEIRA, Lisandra Assunção; DANTAS, Yan Campioni Cavalcante; SAMPAIO, Daniela. Composição florística da Reserva Ecológica "Sebastião Meimberg Porto", Icém, São Paulo, Brasil. Paubrasilia, Porto Seguro, v. 7, p. e124, 2024. DOI: 10.33447/paubrasilia.2024.e0124. Disponível em: https://periodicos.ufsb.edu.br/index.php/paubrasilia/article/view/124. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Seção Especial: Floras Locais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)