Diversidade e taxonomia de Melastomataceae na Área de Proteção Ambiental (APA) Bacia do Rio de Janeiro no Oeste da Bahia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33447/paubrasilia.2024.e0137

Palavras-chave:

Flora local, Miconia, Oeste da Bahia, Sistemática

Resumo

Melastomataceae é a quinta família mais diversa de angiospermas no Brasil, distribuindo-se por todo o território brasileiro. Representa uma das famílias que mais necessita de estudos botânicos no cerrado, onde ocorre em grande diversidade e com poucos estudos realizados. Esse trabalho apresenta um levantamento e o tratamento taxonômico da família Melastomataceae na Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio de Janeiro, localizada nos municípios de Barreiras e em Luís Eduardo Magalhães, Bahia. Por meio de consultas bibliográficas, levantamentos virtuais em herbários, visitas técnicas para herbários nacionais e expedições de coletas, foi possível realizar o levantamento e o tratamento taxonômico da família. Na área, Melastomataceae está representada por 13 gêneros e 22 espécies, sendo Miconia o gênero mais representativo. Dentre as espécies destacamos Cambessedesia membranacea subsp. membranacea, Graffenrieda weddellii e Microlicia euphorbioides como novas ocorrências para o estado da Bahia.

Downloads

Publicado

02.03.2024

Como Citar

SCHEIDEGGER, Najla Mara Bastos; RANDO, Juliana Gastaldello. Diversidade e taxonomia de Melastomataceae na Área de Proteção Ambiental (APA) Bacia do Rio de Janeiro no Oeste da Bahia. Paubrasilia, Porto Seguro, v. 7, p. e137, 2024. DOI: 10.33447/paubrasilia.2024.e0137. Disponível em: https://periodicos.ufsb.edu.br/index.php/paubrasilia/article/view/137. Acesso em: 30 maio. 2024.

Edição

Seção

Seção Especial: Floras Locais