Plantas ornamentais no Jardim Botânico FLORAS

Autores

  • Tainá Jardim Antunes Universidade Federal do Sul da Bahia
  • Cristiana Barros Nascimento Costa Universidade Federal do Sul da Bahia
  • Vinícius Castro Santos Universidade Federal do Sul da Bahia
  • Jorge Antonio Silva Costa Universidade Federal do Sul da Bahia https://orcid.org/0000-0002-4625-2946

DOI:

https://doi.org/10.33447/paubrasilia.v3i2.35

Palavras-chave:

Floresta dos Tabuleiros, Vegetação, Conservação da biodiversidade, Flora da Bahia, Remanescente florestal, Extremo sul da Bahia, Mata Alântica, Plantas com potencial ornamental, Conservação ex situ

Resumo

Um jardim botânico é um espaço que proporciona a conservação ex situ da biodiversidade, mantendo plantas vivas. O Jardim Botânico FLORAS (JBFLORAS) ocupa o campus Sosígenes Costa (CSC) da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) e possui um remanescente de Mata Atlântica. O trabalho foi desenvolvido no CSC da UFSB, em Porto Seguro, Bahia, Brasil, área antes ocupada pelo Centro Cultural e de Eventos do Descobrimento. Foram realizadas coletas nos jardins do campus e na mata no período de março/2017 a fevereiro/2018. As plantas foram herborizadas e incorporadas ao herbário Prof. Geraldo C. P. Pinto (GCPP). Foram identificadas 86 espécies de plantas ornamentais distribuídas em 78 gêneros e 39 famílias. As famílias mais diversas em número de espécies foram: Arecaceae e Leguminosae (seis espécies); Asparagaceae, Bignoniaceae e Orchidaceae (cinco espécies); e Araceae, Bromeliaceae, Myrtaceae e Rubiaceae (quatro espécies). O hábito predominante foi o herbáceo (29 espécies), seguido pelo arbóreo (25 espécies) e arbustivo (20 espécies). Foram levantadas 10 espécies de plantas nativas com potencial ornamental presentes no fragmento de Mata Atlântica do JBFLORAS. A maior parte das espécies cultivadas (53,5%) tem origem exótica e 46,5% são nativas da Mata Atlântica. Sugere-se a introdução de outras espécies nativas aos espaços do Jardim Botânico no intuito de enriquecer a conservação ex situ e valorizar o uso das plantas nativas.

Biografia do Autor

Jorge Antonio Silva Costa, Universidade Federal do Sul da Bahia

Professor Associado I da UFSB com formação na área de Botânica e atuação em Ciências Ambientais, a partir de análises relacionadas à conservação da biodiversidade de plantas e das etnociências.

Downloads

Publicado

07.12.2020

Como Citar

ANTUNES, T. J.; COSTA, C. B. N.; SANTOS, V. C.; COSTA, J. A. S. Plantas ornamentais no Jardim Botânico FLORAS. Paubrasilia, Porto Seguro, v. 3, n. 2, p. 14–24, 2020. DOI: 10.33447/paubrasilia.v3i2.35. Disponível em: https://periodicos.ufsb.edu.br/index.php/paubrasilia/article/view/35. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)