Cactaceae em um fragmento florestal urbano de Vila Velha, Espírito Santo, Brasil

Autores

  • Weverson Cavalcante Cardoso Museu Nacional/UFRJ
  • Rodrigo Theófilo Valadares UFES
  • Luciana Dias Thomaz UFES
  • Valquíria Ferreira Dutra UFES

DOI:

https://doi.org/10.33447/paubrasilia.v3i2.48

Palavras-chave:

Cactos, Flora do Espírito Santo, Floresta Atlântica, Leste do Brasil

Resumo

Cactaceae é uma família quase que exclusivamente endêmica do Novo Mundo. No estado do Espírito Santo, Brasil, a família é pouco amostrada e inventários florísticos de seus representantes são escassos. O objetivo deste trabalho foi realizar a flora das espécies de Cactaceae ocorrentes em um fragmento urbano antropizado na Floresta Atlântica no Espírito Santo. Foram realizadas excursões quinzenais no período entre agosto de 2011 e julho de 2012. Nove espécies de Cactaceae foram encontradas, pertencentes a sete gêneros. Três das espécies são endêmicas da Floresta Atlântica e duas são citadas como ameaçadas de extinção, uma delas registrada para o Espírito Santo pela primeira vez, após uma lacuna aproximada de um século. Nossos dados ressaltam a importância da conservação do fragmento florestal e a necessidade de estudos acerca da família em outras áreas do estado. Apresentamos uma chave taxo-nômica ilustrada, descrições, comentários sobre a taxonomia, distribuição geográfica e ecologia das espécies, além da conservação de suas populações na área.

Downloads

Publicado

07.12.2020

Como Citar

CAVALCANTE CARDOSO, W.; THEÓFILO VALADARES, R.; DIAS THOMAZ, L.; FERREIRA DUTRA, V. Cactaceae em um fragmento florestal urbano de Vila Velha, Espírito Santo, Brasil. Paubrasilia, Porto Seguro, v. 3, n. 2, p. 25–36, 2020. DOI: 10.33447/paubrasilia.v3i2.48. Disponível em: https://periodicos.ufsb.edu.br/index.php/paubrasilia/article/view/48. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos