Galhas e divulgação científica: mapeamento desta temática nas redes sociais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33447/paubrasilia.2022.e0087

Palavras-chave:

Cecídea, ciência cidadã, interação inseto-planta, Instagram

Resumo

Galhas são estruturas formadas por alterações nos padrões de crescimento e divisão celular nos órgãos da planta hospedeira em resposta à ação de diferentes organismos, como bactérias, fungos, nematódeos, ácaros e, em sua maioria, insetos. O conhecimento sobre as galhas continua sendo divulgado predominantemente em artigos científicos não atingindo a população em geral, o que pode prejudicar o reconhecimento por parte deste público da importância das galhas para a biodiversidade. Neste contexto, foi realizado um mapeamento da temática galha nas redes sociais (YouTube, Facebook, Instagram e Twitter), visando verificar quais as ferramentas e recursos estão sendo empregados, os conteúdos vinculados e o retorno do público. Um total de 96 publicações foi divulgado de 2016 a 2021, sendo a maioria publicada no Instagram (n=63) em 2020 (n=69). As postagens incluíram desde descrições dos morfotipos, divulgação de artigo e livro, imagens das galhas até vídeo. Aquelas postagens que abrangem imagem foram as mais frequentes (n=41) e tiveram o maior número de curtidas (n=1.604). A divulgação sobre galhas através das redes sociais encontra-se em expansão, fato observado pelo aumento de canais de divulgação científica e das publicações.

Downloads

Publicado

18.05.2022

Como Citar

SANTOS-SILVA, J.; ARAÚJO, T. de J. Galhas e divulgação científica: mapeamento desta temática nas redes sociais. Paubrasilia, Porto Seguro, v. 5, p. e87, 2022. DOI: 10.33447/paubrasilia.2022.e0087. Disponível em: https://periodicos.ufsb.edu.br/index.php/paubrasilia/article/view/87. Acesso em: 27 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos