Fungos macroscópicos e linquenizados da Serra do Periperi, Vitória da Conquista, Bahia, Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33447/paubrasilia.2024.e0149

Palavras-chave:

Agaricales, Aphyllophorales, Gasteroides, Semiárido

Resumo

O Reino Fungi desempenha um papel crucial na sustentação dos ecossistemas, destacando-se como um dos principais decompositores de matéria orgânica, possuindo distribuição cosmopolita e podendo ser encontrado em substratos orgânicos e inorgânicos. Este trabalho realizou um estudo de ocorrência de fungos macroscópicos e liquenizados na Serra do Periperi, Vitória da Conquista, Bahia. Foram realizadas nove expedições de coleta entre os meses de novembro/2022 e setembro/2023, totalizando 113 espécimes que foram depositados no herbário HVC. Encontraram-se 26 espécies de macrofungos e sete de fungos liquenizados, compondo os filos Ascomycota e Basidiomycota. As espécies mais frequentes na área foram: Cladonia aff. verticillaris, Lentinus crinitus, Pycnoporus sanguineus e Trametes villosa. Os resultados demonstram que há uma grande diversidade de espécies na Serra do Periperi, haja vista que 26 táxons foram registrados como novas ocorrências tanto para a Serra do Periperi, quanto para Vitória da Conquista. Dentre estes, Geastrum minimum, Panaeolus antillarum e Tulostoma brumale foram novas ocorrências para a Bahia.

Downloads

Publicado

01.07.2024

Como Citar

SANTOS, Alessandra dos Anjos; CAIRES, Claudenir Simões. Fungos macroscópicos e linquenizados da Serra do Periperi, Vitória da Conquista, Bahia, Brasil. Paubrasilia, Porto Seguro, v. 7, p. e149, 2024. DOI: 10.33447/paubrasilia.2024.e0149. Disponível em: https://periodicos.ufsb.edu.br/index.php/paubrasilia/article/view/149. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos